Montagem do sistema

     A montagem do sistema de infusão deve ser realizada segundo as boas práticas de controle de infecção, sendo imprescindível, para tal, a prévia higienização das mãos.

Sem título331.png

     Após isso, deve-se certificar que o equipamento está conectado à fonte de energia, ou através do cabo de força (alimentação externa), ou por meio de uma bateria interna (com capacidade de 5h de operação, na vazão de 25ml/h). Esta bateria recarrega-se sempre que acoplada à BIC quando esta encontra-se conectada à rede elétrica e possui vida útil média de 4 anos.

     Ressalta-se a possibilidade de interligar até dez BICs utilizando as tomadas auxiliares das fontes. No entanto, o limite máximo de empilhamento recomendado para transporte pela alça é de três unidades.

      Para instalação do equipo, deve-se:

  • Fechar a pinça rolete e a entrada de ar do equipo;

  • Conectar a ponta perfurante no recipiente à solução;

  • Abrir a pinça rolete e preencher o equipo com a solução a ser infundida, retirando todo o ar do sistema. Se o recipiente for rígido, abrir a entrada de ar do equipo;

  • Preencher a câmara de gotejamento do equipo (pressionando suas paredes e soltando em seguida), no máximo até 2/3 da marcação existente no corpo da própria câmara;

  •  Instalar o equipo no sistema de bombeamento peristátltico, encaixando as extremidades da parte elástica do equipo conforme orientação determinada pelos símbolos presentes na figura A, a seguir;

  • Posicionar adequadamente o equipo no detector de ar e no sistema de proteção contra fluxo livre, conforme constante na figura B, a seguir;

  • Posicionar adequadamente o senhor de gotas, conforme descrito a seguir;

  • Fechar a porta do equipamento;

       Caso todo o sistema se encontrar montado conforme figura C, acoplar extremidade distal do equipo ao dispositivo de punção do paciente.

Sem_título5.png

     Para trocar equipo, recomenda-se:

  • Interromper a infusão pressionando a tecla “Start/Stop”.

  • Fechar a pinça rolete do equipo;

  • Retirar o sensor de gotas;

  • Abrir a porta e retirar o equipo, abrindo manualmente o sistema de proteção contra fluxo livre;

  • Desconectar o equipo do paciente;

  • Instalar um novo equipo procedendo conforme descrito anteriormente;

  • Se a função standby foi ativada, desativar.

  • Reiniciar a infusão pressionando a tecla “Start/Stop”.

     Para instalar corretamente o sensor de gotas, é importante acoplá-lo na câmara de gotejamento, introduzindo-o de baixo para cima. O sensor de gotas deve ser posicionado no topo da câmara de gotejamento, que deverá sempre ficar na posição vertical, conforme figura abaixo.

     E para desconectar o sensor de gotas, deve-se realizar o percurso contrário, deslizando-o de cima para baixo.

Sem_título6.png

     E para desconectar o sensor de gotas, deve-se realizar o percurso contrário, deslizando-o de cima para baixo.